Fale Conosco (24) 2102-2750 atendimento@clubedosfuncionarios.com.br Segunda à sexta: 8h às 18:30 Sábados, domingos e feriados: 8h às 15h
Acesse aqui o portal

Handebol Horário das aulas e notícias do
esporte …

Existem várias explicações para a origem do handebol. Já na Grécia antiga, há indícios de um esporte praticado com as mãos, cuja bola tinha o tamanho de uma maçã. No entanto, o surgimento da modalidade da forma como hoje é praticada deu-se na metade do século XIX. Simultaneamente, um esporte similar ao atual handebol começou a ser jogado em várias localidades diferentes.

A mais relevante dessas práticas destacou-se na Alemanha. Denominado “raftball”, era disputado em um gramado com dimensões de futebol. A partir de então, mas ainda como handebol de campo, a modalidade foi difundida pela Europa e passou a integrar o programa dos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936, na Alemanha.

Porém, o crescimento do futebol e as dificuldades impostas pelo inverno rigoroso acabaram levando o handebol para o salão, e o esporte passou a ser disputado por apenas sete pessoas (inicialmente, eram onze praticantes).

Em razão dessa fase de transição, a estréia da modalidade em Jogos Olímpicos só aconteceu em 1972, em Munique, na Alemanha, apenas com a competição masculina. As mulheres já disputariam medalha logo na edição de estréia, quatro anos mais tarde, no Canadá.

A prática foi bem aceita e, em 1940, foi fundada a Federação Paulista de Handebol, com Otto Schemeling como seu primeiro presidente. O esporte só passou a ser disputado no salão com o passar dos anos, mas chamou a atenção da Confederação Brasileira de Desportos (antiga CBD), que, na época, regulava todo o esporte nacional.

Foi criado, então, um departamento específico para a nova modalidade dentro da entidade, que passou a organizar campeonatos. O surgimento de uma confederação própria, porém, só aconteceria em 1979, quando foi fundada a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb).

Apesar de ser bastante praticado no país, especialmente em escolas primárias, o handebol profissional nunca alcançou grandes resultados internacionais. Tanto no feminino quanto no masculino, a seleção verde-amarela sempre enfrentou dificuldades para chegar longe tanto nos Campeonatos Mundiais quanto nos Jogos Olímpicos, especialmente contra os europeus. Individualmente, porém, o Brasil tem se destacado. O carioca Bruno Souza, por exemplo, faz sucesso no Velho Continente atuando na liga alemã, a mais poderosa da atualidade. Em 2003, ele chegou a ser eleito o terceiro melhor jogador do mundo.

A importância dos atestados médicos

É obrigatório entregar os atestados médicos para a prática das atividades esportivas no clube, de acordo com a LEI 2.014/92 de 15/07/1992.

O Atestado médico deve ser específico a cada uma das modalidades, evitando quaisquer problemas de saúde aos associados.

Para verificar suas condições de saúde e a aptidão para a prática da atividade física pretendida, o Departamento de Esportes recomenda que o associado procure o médico de sua confiança para fazer todos os exames necessários

Nenhuma notícia encontrada

Facebook CFCSN

 

instagram CFCSN

PARCEIROS CFCSN

NEWSLETTER CFCSN